As várias formas de “dar um susto” na gordura localizada

As várias formas de “dar um susto” na gordura localizada

Por possuir hormônios característicos e fases biológicas específicas como a gestação, a mulher apresenta mais dificuldade em controlar seu peso e maior disposição ao acúmulo de gordura. No entanto, os homens sabem que os famosos “pneuzinhos” não são um “privilégio” somente do sexo feminino.

 

A eliminação destas gordurinhas, na maior parte dos casos, exige mais do que uma alimentação balanceada e academia. É pra isso que existem os tratamentos estéticos, para complementar e tornar satisfatório o resultado de quem tem um estilo de vida saudável (alimentação e exercícios), e que, além disso, está muito próximo do (ou no) seu peso ideal.

 

A lista de tratamentos é extensa e dentre alguns tratamentos, destacam-se:

 

Carboxiterapia: administração subcutânea de gás carbônico que tem como objetivo melhorar o aporte de oxigênio facilitando a queima da gordura localizada.

 

Intradermoterapia: aplicação intradérmica, diretamente no local afetado, de substâncias lipolíticas, que irão “quebrar” a gordura.

 

Manthus®: aparelho que possui um exclusivo cabeçote que gera ultrassom e correntes ao mesmo tempo, ativando o sistema linfático e facilitando a quebra da célula de gordura.

 

Lipocavitação: também conhecida como “lipo sem cortes”, consiste de um moderno ultrassom que tem como função “estourar” as membranas das células de gordura, de modo que o organismo se encarregue de eliminar o conteúdo da célula.

 

Criolipólise: aparelho que, por sucção, segura a gordura localizada entre seus dois painéis congelando-a durante a sessão. Somente as células de gordura são afetadas e morrerão gradativamente, sendo eliminadas pelo metabolismo natural. A cada sessão pode-se perder em torno de 30% da gordura local.

 

– Criofrequência: aparelho que, através do frio e do calor simultâneos, além de garantir a segurança do cliente, produz milhões de choques térmicos, mobilizando tanto o colágeno quanto as células de gordura. Ou seja, além de reduzir medidas, ainda melhora a qualidade da pele da região tratada.

 

 

O tratamento nutricional estético é essencial no tratamento da gordura localizada, considerando que a alimentação está intimamente relacionada ao aparecimento e desenvolvimento desta queixa. Através da alimentação, suplementação e do uso de nutricosméticos torna-se possível o tratamento de dentro para fora.

 

O uso de produtos e cosméticos tópicos domiciliares também é importante, pois faz a manutenção do tratamento estético e nutricional.

 

O número de sessões, a freqüência do tratamento e o estilo de vida também são determinantes do resultado.

 

As opções de tratamentos são inúmeras e a associação de técnicas deve ser individualizada de acordo com cada caso e objetivo. Para tal, é necessário procurar uma clínica especializada, com todo suporte para tal atendimento.

Compartilhar:

Deixe um comentário